8 de fevereiro de 2016

Sônia Maria de Oliveira Marques

Fonte principal: Revista Superação

Sempre que falamos sobre uma geração de ouro de grandes atletas brasileiros que deixaram saudades logo lembramos das décadas de 80 e 90 e alguns nomes são automaticamente lembrados, José João da Silva, João da Matta, Luiz Antônio dos Santos, Edson Bergara, Benedito Porto, João Alves de Souza (passarinho) e muito mais, isso na parte masculina. Na parte feminina a situação não era diferente não, também tínhamos ótimas atletas que faziam grandes resultados independentes das distâncias e dos locais que iam competir. Para citar alguns nomes, eram comuns vermos os nomes de Angélica de Almeida, Silvana Pereira, Eliana Reinert, Dalvirene Paiva, Arlete Adão, Solange Cordeiro, Carmem de Oliveira, Marcia Narlock e muitas outras atletas fazendo grandes resultados e provando que a evolução do atletismo brasileiro não era um privilégio apenas dos atletas masculinos não, elas também evoluíram apesar de muitas dificuldades.


Hoje vamos relembrar uma atleta que muitas vezes só era notada quando cruzava a linha de chegada em primeiro lugar, pq ela nunca foi de muita badalação, magrinha com seu jeito de menina tímida, chegava em silêncio, mas se transformava quando dava o tiro de largada, seu nome é "Sônia Maria de Oliveira Marques" mais conhecida como (Soninha). A Soninha começou a participar de corridas no início dos anos 80 e apesar da pouca estatura ela já sonhava grande e logo de cara ela correu a "Minimaratona da Gazeta Esportiva" na qual mesmo sem um treinamento adequado ela completou com o tempo próximo de duas horas. Ela continuou treinando e competindo na região de Guarulhos quando conheceu um atleta da equipe da Portuguesa de Desportos (o Guarani) que a convidou para fazer parte da equipe e treinar com um dos melhores atleta brasileiro da história o grande 'Edson Bergara', mas infelizmente durou pouco pq o departamento de atletismo foi desativado, em 81 ela foi trabalhar no Expresso Rio Grande São Paulo e era liberada alguns horários para treinar, depois de algum tempo ela foi convidada pelo Sr Nicásio para treinar e competir pela equipe de atletismo do SC Corinthians Paulista.

Ela treinou e competiu pelo Corinthians vencendo algumas provas importante na capital paulista e com esse bom desempenho foi convidada para treinar com o Sr Elito onde ela foi campeã estadual dos 3.000 metros, segunda nos 5.000metros e 1.500metros conseguiu chegar entre as 5 primeiras na Minimaratona da Gazeta e nas maratonas do Rio e de Santos, foi campeã da Corrida de Reis de São Caetano do Sul.


Após a desativação do departamento de atletismo do SC Corinthians ela foi procurar um dos melhores técnico de atletismo da época, o "Carlos Gomes Ventura" (o Carlão) e passou integrar a equipe do SPFC, na primeira participação ela venceu a tradicional "Corrida de Aleluia em São Roque", depois venceu as 10 milhas de Arujá, a Maratona de São Paulo, Volta da Penha e as 10 milhas de Interlagos, nesse mesmo ano 87 ela fechou em 15ª na Corrida de São Silvestre.

No ano seguinte ela foi vice campeã na Maratona do Rio com o tempo de 2h44’18” estabelecendo índice B para os Jogos Olímpico de Seul 88 mas que não foi suficiente para ir à Olimpíada, causando grande tristeza e que só foi aliviada pq ela realizou um antigo sonho de início de carreira que foi vencer a Minimaratona da Gazeta Esportiva. Em 89 ela participou do mundial de maratonas em Milão (Itália) não conseguindo o resultado que esperava, em seguida na volta ao Brasil venceu novamente a Maratona de São Paulo.Em 1990 ela junto com o Carlão deixaram o SPFC e foram pra equipe do SESI de Santo André e no SESI ela venceu a Maratona do Rio e a Minimaratona da Gazeta Esportiva pela 2ª vez.

Depois de 10 anos ela deixou a empresa que trabalhava e foi treinar com seu marido o prof. José Luís Marques do SPFC onde venceu algumas provas importante como a Minimaratona da Gazeta Esportiva pela 3ª vez, Volta da USP de São Carlos, Volta da USP São Paulo, Tribuna de Santos e a Corrida Integração de Campinas.


Apartir de 92 a Soninha diminuiu os treinamentos e se retirou das competições pois a algum tempo ela alimentava um grande sonho em sua vida, que era o sonho de “ser mãe” foi então que pra alegria do casal nasceu a princesinha "Ana Luiza”.


Atualmente a Soninha continua trabalhando no atletismo, ela passa planilhas de treinamentos online e dá treinos na União dos Atletas de Taboão da Serra em parceria com a campeã e recordista brasileira da ultramaratona Maria Auxiliadora Venâncio, mesmo sem pista de atletismo para treinamento não a fez desanimar, ela procura onde tiver um local adequado onde se possa treinar, na rua, parques, campo do Lacuna, ou em locais verdes que favoreça com pisos macios junto a natureza são os locais de treinamentos. Foram vários títulos que ela acumulou nesses vários anos em que competiu e as melhores lembranças são as amizades que ela cultivou com pessoas maravilhosas como, Sr Sérgio Nogueira, a saudosa Ana Jun, Sr Armando Corujeira, prof. Asdrúbal, Carlão, Mauro, Cristiano e vários atletas: Xexeu (Laércio de Moraes), Primo, Rafael, Didi, Sr Décio, saudoso Edson Bergara, Heroi Fung e tantos outros.


Veja alguns resultados importantes dessa pequena e extraordinária grande atleta brasileira.


ANO         COLOCAÇÃO                    PROVA                                  DISTÃNCIA  
1986                    1ª                    Campeonato Estadual/SP                       3.000m   
1986                    2ª                    Campeonato Estadual/SP                       5.000m
1986                    2ª                    Campeonato Estadual/SP                       1.500m
1987                    1ª                    Sargento Gonzaguinha/SP                      10 km
1987                    1ª                    Maratona de São Paulo/SP                     42 km
1988                    1ª                    Minimaratona da Gazeta/SP                   21 km
1988                    2ª                    Maratona do Rio/RJ                                42 km
1989                    1ª                    Maratona de São Paulo/SP                     42 km
1990                    1ª                    Rio Maratona/RJ                                     42 km
1990                    1ª                    Minimaratona da Gazeta/SP                   21 km
1990                    2ª                    Minimaratona Cajamar/SP                     21km
1990                    2ª                    Corrida Integração Campinas/SP           10 km 
1991                                        Minimaratona da Gazeta/SP                  21 km               

5 comentários:

  1. Sou Fã eterno. Soninha é antes desse Sensacionallllllll histórico uma ALMA Gigante devotada ao atletismo. Quem não a conhece está perdendo uma das fontes mais lindas e expressivas da história das Corridas brasileiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Vicent, nas corridas que eu estava e que ela vencia eu ficava me perguntando._Como pode uma atleta com aparência tão frágil e miudinha correr tanto? Eu não tive o prazer de ser seu amigo mas quem teve só tem elogios.

      Excluir
  2. Sou Fã eterno. Soninha é antes desse Sensacionallllllll histórico uma ALMA Gigante devotada ao atletismo. Quem não a conhece está perdendo uma das fontes mais lindas e expressivas da história das Corridas brasileiras

    ResponderExcluir